Menor mata a irmã e atira no pai e na namorada do pai

Um garoto de 15 anos, que está passando por um tratamento neurológico e toma remédio contra a depressão, matou a irmã e atirou no pai e na namorada do pai. Ambos estão internados na UTI em estado grave. A tragédia aconteceu na segunda-feira em Treze Tílias e abalou os 5 mil habitantes da pacata cidade do interior de Santa Catarina, onde há quatro anos não ocorria um homicídio.Ao delegado Nilton Buzzi, o menor contou ter discutido com o pai, o sargento da Polícia Militar Paulo Nascimento Ouriques, de 48 anos, que guardava a arma no porta-malas do carro. O jovem foi até o veículo, pegou o revólver calibre 38 e voltou para casa, atirando pelas costas na nuca do pai. A garçonete Rosana Mergener Schumacher, de 25 anos, se abaixou para socorrer o namorado e foi baleada também pelas costas, na cabeça. Assustado, o rapaz acabou atingindo a irmã no coração, quando ela saía do banheiro. Samya Ouriques tinha 28 anos, morava em Florianópolis e estava visitando a família. Ao se dar conta de ter atirado na irmã, o jovem correu para um telefone público e chamou a polícia. O menor está preso no Centro de Internamento Provisório de Joaçaba onde aguardará o julgamento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.