Menor que matou colega pegou arma emprestada

O menor A.L.F., de 15 anos, acusado de matarum estudante em Lorena, no Vale do Paraíba, se apresentou à polícia na noite desta terça-feira e confessou o crime. ?Ele relatou que os dois discutiram e ele foi até um colega e pegou uma arma emprestada.Depois retornou à escola, pulou o muro e matou o estudante na frente de colegas e professores?, disse o delegado Wilson de Moraes,que agora procura a pessoa que teria emprestado a arma ao menor.Começo da briga foi por empréstimo de borrachaO estudante Wagner César de Carvalho, de 14 anos, foi morto com um tiro na cabeça depois de terdiscutido com o menor A.L.F., na Escola Joaquim Ferreira Pedro.Segundo informações de colegas de classe e amigos da vítima, os adolescentesestavam se desentendendo há alguns meses, e o motivo do início da briga teria sido oempréstimo de uma borracha.?Ele sempre falava para a gente que era ameaçado. O começo da briga foi por causa de uma borracha que um tinha pedido emprestado ao outro?, disse o adolescente Jonathan Vitoriano.Indignação e medo no velórioO menor assassinado foi enterrado nesta quarta-feira, no cemitério municipal de Lorena. Novelório o clima era de indignação, medo e revolta. ?Eu quero que ele pague pelo quefez. Ele tirou a vida do meu filho e isso pode acontecer com qualquer outra criança?,desabafou a mãe do adolescente, Ana Maria de Carvalho Pinto.O amigo da família Getúlio Gonçalves disse que ficou chocado com a morte. ?Eu estou arrasado. Não dá pra acreditar.? A dona-de-casa Inês Marques afirmou que o filho está com medo de voltar à escola. ?Ele quer mudar de escola. Agora a gente fica com medo, não sabe se isso vai acontecer com o filho da gente.?Segundo a polícia civil, o menor A.L.F. foi ouvido na Vara da Infância e Juventude nofórum de Lorena e deverá ser encaminhado a uma unidade da Febem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.