Menores se rebelam e fogem da Febem na capital

Cento e cinco menores fugiram, na manhã deste sábado, da unidade da Febem de Vila Maria 4, conhecida como Uirapuru, localizada na Marginal Tietê, zona norte de São Paulo. Os menores tiveram a ajuda dos internos da unidade de Vila Maria 3, a Adoniran Barbosa. De acordo com informações da assessoria de imprensa da Fundação, 49 adolescentes já foram recapturados até o momento.A confusão começou pouco antes do horário de visitas, por volta das 8h30 da manhã, quando os internos de Uirapuru fizeram o chamado "cavalo doido", um tipo de arrastão até o portão da frente da unidade, por onde os 105 jovens fugiram. Do lado de fora da Febem, estavam três carros e cinco motos aguardando e dando apoio à ação dos menores. Os homens do Grupo de Apoio da Fundação, que não usam armas, tentaram evitar a fuga e foram alvo de disparos. Dois funcionários do Grupo de Apoio foram atingidos. Um teve ferimentos no abdômen e o outro, na perna. No momento da fuga, dois menores foram atropelados na Marginal Tietê. Já por volta das 9h, internos da unidade Adoniran Barbosa, que se localiza ao lado da Uirapuru, se rebelaram. Eles fizeram sete funcionários reféns e atearam fogo em colchões na porta da unidade, impedindo a entrada de policiais. As rebeliões acabaram sem a intervenção da Polícia Militar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.