Mercadante define nome de tesoureiro

O senador e pré-candidato do PT ao governo de São Paulo, Aloizio Mercadante, definiu o nome do tesoureiro para sua campanha. Eduardo Tadeu, conhecido como Professor Eduardo do PT, cuidará das contas de Mercadante durante a disputa.

Roberto Almeida, O Estado de S.Paulo

10 de maio de 2010 | 00h00

Prefeito de Várzea Paulista, a 56 quilômetros de São Paulo, Tadeu é doutor em Educação pela Unicamp com uma tese sobre orçamento participativo e educação política. Está no segundo mandato à frente do município, que administra desde 2004. É filiado ao PT desde 1983.

Além da definição do tesoureiro, a coordenação da campanha petista em São Paulo, capitaneada pelo prefeito de Osasco, Emídio de Souza, e pelo presidente estadual do PT, Edinho Silva, ganhou o reforço dos vereadores Arselino Tatto e Donato, do ex-prefeito de Guarulhos Elói Pietá e do vice-presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Rafael Marques.

Eles estão incumbidos de debater os rumos de Mercadante no Estado e definir a estratégia de campanha para os próximos cinco meses. Até o momento, o senador descarta se licenciar ? o que lhe garantiria terças e quartas-feiras livres ?, mas tem viajado pelo interior paulista no restante da semana para participar de eventos com sindicalistas, movimentos sociais e aliados.

Alianças e TV. No sábado, em Limeira (SP), o PT paulista recebeu o apoio oficial do PDT para a disputa. Hoje, fecha com o PSDC e trabalha para conseguir o PRTB. Com isso, o partido tem oito siglas para a aliança e espera chegar a 11 ? somando PC do B e PSL ?, para que o tempo de TV ultrapasse sete minutos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.