Mercadante diz que campanha de Serra é demagógica

O candidato do PT ao governo de São Paulo, senador Aloizio Mercadante, afirmou nesta quinta-feira, em Suzano, que seu adversário, José Serra (PSDB) faz "campanha de improviso e demagogia passageira." "Assim como ele (Serra) não sabia que havia licitação para a alça de acesso da rodovia Ayrton Senna (Mogi), ele tampouco sabe que o ensino básico de Suzano é municipalizado", disse, em relação à promessa do tucano de que colocaria dois professores para cada sala de ensino básico na cidade.Nos últimos dois dias, a agenda de Mercadante coincidiu com cidades que já haviam sido visitadas por Serra no dia anterior. Na quarta-feira, o candidato do PT foi a Santo André, São Bernardo e Diadema, e hoje, percorreu Mogi das Cruzes, Suzano, Itaquaquecetuba e Guarulhos. Ao ser questionado se estaria seguindo os passos de Serra, Mercadante disse que tem estratégia própria. "Conheço as pessoas dessa região há 30 anos e é a quarta vez que venho aqui no último ano, coisa que o meu adversário não faz". O candidato do PT contou com três prefeitos da região nas caminhadas em suas cidades, como cabo eleitorais. Em Mogi, o prefeito de Guarulhos, Elói Pietá (PT), com um microfone na mão convocava a população para conhecer Mercadante. Quando passou pela fila do Bom Prato, restaurante feito em parceria de entidades com o governo estadual, que serve refeições a R$ 1,00, Mercadante cumprimentou muitas das pessoas e ensaiou um discurso, mas ao ser informado que a fila era para o Bom Prato, recuou. "Estamos ao lado de um lugar público e é melhor fazer o discurso em outro local". A legislação eleitoral proíbe campanha dentro de prédios públicos. Já o prefeito de Suzano, Marcelo Cândido (PT), foi apresentando o petista às pessoas, nas calçadas.O prefeito de Itaquaquecetuba, Armando Tavares Filho (PL), praticamente parou o trânsito da cidade, ao sair em caminhada com Mercadante e muitos populares, pelas principais avenidas do centro da cidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.