Mercadante diz que nome de Suplicy é bem recebido

O pré-candidato do PT ao governo de São Paulo, Aloizio Mercadante, afirmou ontem que há "grande receptividade" dos partidos aliados à sugestão para que o senador Eduardo Suplicy integre uma chapa puro-sangue, ocupando a vaga de vice. A coordenação de campanha se reúne hoje com Suplicy em São Paulo.

, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2010 | 00h00

"Seguramente o Suplicy agregaria muito à campanha", disse Mercadante. A articulação dos petistas para a chapa puro-sangue, antecipada pelo Estado na edição de sábado, precisa do aval do PDT. "A vaga é do PDT. Qualquer solução tem que passar por essa consideração. E, evidentemente, se o Eduardo tiver essa disposição", disse Mercadante.

"Precisamos conversar mais. Está cedo para decidir isso. Vamos discutir com a Executiva Nacional do partido", afirmou o presidente do PDT no Estado, Paulo Pereira da Silva. Ele tratou do assunto ontem com o presidente do PDT nacional, o ministro Carlos Lupi (Trabalho). "Vamos insistir na vice", resumiu. O PDT se reúne hoje em Brasília. / M.D

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.