Mercadante quer ser conhecido como "governador da educação"

O senador Aloizio Mercadante, candidato do PT ao governo paulista, afirmou neste sábado, durante a inauguração do seu comitê de campanha em São Paulo, que pretende ser "o governador da educação". "Eu não quero ser lembrado como governador que construiu presídios ou estradas, mesmo que elas sejam necessárias. Quero passar para a história como o governador que fez da educação a paixão de São Paulo." Ele recebeu uma surpresa na festa, que foi a chegada inesperada do vice-presidente José Alencar, que saiu do hospital Sírio Libanês direto para o comitê.Como não pôde subir as escadas, Alencar foi recebido no piso térreo por Mercadante e o presidente estadual do PT, Paulo Frateschi. Bem disposto, Alencar brincou e fez todos rirem ao dizer que a comida do hospital o engordou. "Eles só davam sopa e eu com fome comia tudo. Agora vou ter que fazer campanha para emagrecer." Como vai ficar mais alguns dias em São Paulo, Alencar se ofereceu para receber empresários no comitê de Mercadante e fazer campanha para ele.O comitê de Mercadante estava lotado de militantes e simpatizantes, além de políticos. Sobre sua presença na internet, ele afirmou que foi idéia do seu filho Pedro. "Ele me disse que eu tinha que ir para a militância eletrônica, a nova geração está lá." Em seguida foi feita a demonstração do site, apresentado como uma inovação, chamada de TV Mercadante, dentro do site, que vai transmitir duas horas diárias de imagens ao vivo da campanha.Mercadante disse que a tecnologia da internet vai evoluir em seu governo e pretende instalar internet banda larga nas escolas, além de participar do programa do lap top popular. "Vamos distribuir lap tops populares para as crianças das escolas. Eles hoje custam US$ 140 e devem baixar para US$ 100. São pequenos como uma lancheirinha."Sobre seu futuro governo, Mercadante lembrou uma famosa frase do atual prefeito de Nova York, Michael Bloomberg. "Bloomberg quando assumiu a prefeitura de Nova York, disse que desejava ser avaliado com as mesmas notas dos alunos da rede pública. É o que proponho. Me avaliem, pelas notas da educação das crianças de São Paulo."No comitê, na região do Ibirapuera, Mercadante recebeu a ex-prefeita Marta Suplicy, o senador, candidato à reeleição Eduardo Suplicy e a candidata a vice-governadora, Nadia Campeão, acompanhada do marido. A esposa de Aloizio, Regina Mercadante, e o filho Pedro, de 20 anos, também estavam na festa. Mercadante disse à Marta que a periferia tem saudades dela. "Vamos amassar barros juntos e mostrar o que o atual governo deixou de fazer."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.