Mercadante terá consórcio de publicitários

A coordenação de marketing da pré-campanha do senador Aloizio Mercadante (PT) ao governo de São Paulo deverá ser feita por um consórcio de publicitários e marqueteiros e até quatro produtoras. Um nome já definido é o de Augusto Fonseca.

Malu Delgado, O Estado de S.Paulo

29 de abril de 2010 | 00h00

O marqueteiro coordenou a campanha publicitária de Marta Suplicy à Prefeitura em 2008, quando a petista foi derrotada por Gilberto Kassab (DEM). Ele trabalhou em outras campanhas do PT, como a de Humberto Costa ao governo de Pernambuco.

Fonseca é parceiro e amigo de Duda Mendonça. A intenção de Mercadante é que a produção de TV e a campanha na internet tenham linguagem semelhante à utilizada pelo publicitário João Santana na campanha da ex-ministra Dilma Rousseff à Presidência.

O PT já fechou boa parte do acordo de mídia e marketing eleitoral da campanha em São Paulo, mas ainda estão em curso negociações sobre itens do pacote de serviços fornecido por este consórcio, que poderá incluir a inserção de áudios de Mercadante para programas de rádio e a campanha de Marta.

Mercadante aposta no impacto das redes sociais na formação de opinião do eleitorado jovem, ao qual já tem um bom acesso, e como senador já é assíduo usuário do Twitter, Facebook, Flickr, Slideshare e Orkut.

Coligação

5

partidos - PDT, PPL, PR, PRB

e PT do B - já deram apoio à

candidatura de Aloizio

Mercadante, que está próximo

de obter o apoio do PC do B

e também busca

composição com o PTN, PRP, PSL, PHS e PSC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.