Mercadão promove festival de frutas

Fest Frut vai até domingo e quer resgatar tradição de feira do local

Humberto Maia Junior, O Estadao de S.Paulo

30 Novembro 2007 | 00h00

Quando foi criado, na década de 30, o Mercado Municipal era referência na venda de frutas para os moradores da capital. O tempo passou e a cidade se modernizou - vieram os supermercados e a vocação do local passou a ser os já tradicionais sanduíche de mortadela e pastel de bacalhau. Os vendedores de frutas entraram em crise. E, para mudar a situação, o mercado sedia até domingo a Fest Frut, com o objetivo de divulgar as opções de frutas vendidas pelos feirantes. A diversidade é grande: além de laranja, maçã, melão e melancia, os boxes do mercado oferecem pytaia, blueberry, sapoti, jenipapo, fruta da rainha e amora gigante. E essa variedade vai aumentar durante o evento. Já provou caju com azeite e sal? Se não, poderá experimentar numa das várias degustações programadas no Fest Frut. "Queremos resgatar a tradição de se comprar frutas no Mercadão", disse um dos idealizadores do evento, Nivo Teodoro Júnior, que provou - e garantiu ter gostado - do caju com sal e azeite. Além das degustações, haverá shows de música, obras de arte esculpidas em frutas pela artista Beatriz Ciola e dicas de especialistas em gastronomia. Segundo Teodoro, a Fest Frut será o primeiro de uma série de eventos que serão realizados no Mercado. Já estão agendados para o ano que vem um festival de frutos do mar - previsto para a Páscoa -, uma feira de queijos e vinhos - no começo do inverno -, um festival de primavera e a segunda edição da Fest Frut.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.