Epitácio Pessoa/Estadão
Epitácio Pessoa/Estadão

AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Mesmo vencida, CNH vale como documento de identificação no País

Segundo Conselho Nacional de Trânsito, data de validade refere-se apenas ao prazo de vigência do exame de aptidão para dirigir

O Estado de S.Paulo

05 de julho de 2017 | 10h46

SÃO PAULO - Conforme decisão do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), as carteiras de habilitação vencidas ainda podem ser usadas como documento de identificação em todo o País. Segundo o conselho, a data de validade refere-se apenas ao prazo de vigência do exame de aptidão física e mental para dirigir. Por isso, os diversos órgãos públicos e estabelecimentos comerciais não podem recusar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) como documento de identificação.

A carteira de habilitação tem validade de cinco anos. Embora a legislação atual determine que o Registro Geral (RG) não tem prazo de validade determinado no País, vários órgãos passaram a exigir uma data de emissão de até dez anos para combater fraudes. Se o documento estiver em mau estado, ele também pode ser recusado, até mesmo na emissão de passaportes pela Polícia Federal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.