Meta é levar segurança ao Rio e não só aos Jogos, diz Beltrame

Secretário de Segurança do Estado participou de reunião de planejamento para Olimpíada de 2016 nesta manhã

Pedro Dantas, O Estado de S.Paulo

07 de outubro de 2009 | 14h58

Um dos primeiros a deixar a reunião de planejamento para os Jogos Olímpicos de 2016, o secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame, disse que a sua meta é "fazer segurança para a cidade, e não apenas para um evento". O Rio de Janeiro foi eleito para ser a sede da Olimpíada na última sexta-feira e desbancou as cidades de Tóquio (Japão), Chicago (EUA) e Madri (Espanha).

 

Veja também:

linkComitê Rio 2016 promete site sobre gastos para quinta

especialRIO 2016 - Mais sobre preparação para os Jogos

especialESPECIAL - Tudo sobre as cidades candidatas

 

De acordo com Beltrame, a curto prazo foi determinada a transformação de estruturas burocráticas dos batalhões da PM em prestações de serviço, para colocar mais policiais nas ruas. A longo prazo, o secretário disse que pretende recuperar os efetivos da PM, ampliar as áreas de atuação das Unidades de Polícia Pacificadora e implantar o Centro de Comando de Controle, para conectar todos os batalhões da PM via internet.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.