Metade dos presos foge da carceragem em Olímpia

Dos 68 presos que superlotavam a carceragem da Cadeia Pública de Olímpia, cidade localizada na região Noroeste do Estado, a 429 quilômetros da capital, 32 conseguiram ganhar as ruas do centro do município, após os detentos de uma das seis celas dominarem o carcereiro de plantão, por volta das 23 horas desta sexta-feira. Policiais militares do 33º Batalhão informaram que o policial civil foi obrigado a abrir algumas das celas e as grades que dão acesso ao fundo da cadeia, por onde ocorreu a fuga. Até às 2h45 desta madrugada, apenas quatro homens haviam sido recapturados, segundo a Polícia Civil. A PM afirma que recuperou cinco presos e que não há o registro de casas ou comércio invadidos pelos detentos. A carceragem de Olímpia foi feita para abrigar no máximo 30 homens. O carcereiro não sofreu ferimentos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.