Metalúrgicos na Justiça contra aumento de ônibus em SP

O Sindicato dos Metalúrgicos de São Paulo entrou hoje pouco com ação cível pública, na 12ª Vara da Justiça Fazendária, contra o aumento da passagem de ônibus na capital para R$ 1,40, que deve valer a partir desta quinta-feira. A iniciativa partiu dos vereadores Raul Cortez (PPS) e Toninho Campanha (PPB) e teve ainda o apoio da Força Sindical e do diretório municipal e estadual do PSDB e diversos vereadores. Sindicalistas e parlamentares defenderam um aumento de tarifa de R$ 1,15 para no máximo R$ 1,32, ficando de acordo com a inflação, de acordo com cálculos da Fipe. Segundo o Sindicato há cerca de 400 pessoas que se manifestam e se dirigem em passeata pela Avenida Brigadeiro Luiz Antonio, na Câmara Municipal, onde o documento será entregue aos vereadores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.