Metalúrgicos protestam contra pedágio

O Sindicato dos Metalúrgicos de Osasco, na Grande São Paulo, realizou nesta manhã uma manifestação na Rodovia Castelo Branco contra a cobrança de pedágio. O protesto aconteceu no sentido interior-capital, pista marginal, junto ao trevo de Tamboré.. Eles pretendiam sensibilizar a Viaoeste, concessionária que administra a estrada, e o governo do Estado a suspender ou pelo menos baixar a tarifa de R$ 3,50 cobrada pelo uso das marginais.Os manifestantes alegaram que pode haver desemprego na região porque a cobrança vai aumentar os custos das empresas onde trabalham atualmente cerca de três mil pessoas. Isso porque os metalúrgicos são transportados por ônibus que pagam o pedágio. Por este motivo, as empresas estudam repassar o custo para a categoria. Outro problema levantado pelos metalúrgicos é o fato de o pedágio estar acarretando problemas ao sistema viário de Carapicuiba, Osasco e Barueri, que não comportam o intenso tráfego sobretudo de veículos pesados que tentam escapar da cobrança da taxa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.