Meteorologia prevê sol e calor até o dia 15

Os meteorologistas só prevêem chuvas mais fortes a partir do dia 15. Segundo o especialista André Madeira, da Climatempo, uma frente fria que está se formando no sul do continente deve passar por São Paulo no fim da próxima semana, provocando cerca de 10 milímetros de chuva na capital. Não é muito, mas já serve para umedecer o ar e permitir que comecem a se configurar as nuvens carregadas, formadas pelo calor e pela umidade, que provocam chuvas localizadas. Além da passagem da frente, até o fim do mês haverá mudança na circulação dos ventos, que começam a trazer umidade da região amazônica. A informação é da meteorologista Micheline de Souza Coelho, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Umidade e aquecimento provocam chuvas.A previsão do Inmet para a primavera deste ano é de que a chuva fique entre o padrão normal e pouco abaixo disso. As temperaturas da estação devem ser um pouco mais altas que a média. O Inmet registrou 46% menos de chuva no mês passado, na capital paulista. Foram 24,2 milímetros, ante o índice normal de 75,6 milímetros. As frentes frias foram fracas e não provocaram muita chuva.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.