Metrô começa a funcionar às 4h40 em SP

A Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) antecipou o horário de início da operação dos trens para as 4h40. A mudança, em vigor desde a manhã de ontem, valerá de segunda a sexta-feira e deverá beneficiar cerca de 10 mil pessoas por dia. A circulação das composições nas linhas Norte-Sul (Jabaquara-Tucuruvi), Leste-Oeste (Corinthians/Itaquera-Barra Funda) e no ramal da Paulista (Ana Rosa-Vila Madalena) começava às 5 horas.A empresa resolveu também aumentar o número de trens nos sábados. A linha Norte-Sul, que contava com 18 composições, passará a ter 24. Na Leste-Oeste, vão passar de 22 para 29. O diretor de Operação do Metrô, Decio Tambelli, afirmou que, por enquanto, não haverá mudanças na circulação do ramal da Paulista. Segundo ele, também não estão previstas alterações para a quantidade de trens no domingo em nenhuma das três linhas.Tambelli explicou que a troca do horário de início da operação foi feita para atender reivindicação dos passageiros do sistema. "Cada vez a cidade acorda mais cedo", ressaltou. "Observamos que algumas pessoas chegavam antes e ficavam esperando pela abertura das estações." O Expresso Leste da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e vários dos terminais integrados de ônibus também já funcionam antes das 5 horas.Teste - A abertura antecipada foi testada entre maio e fevereiro na linha Leste-Oeste. "Transportamos em média 6 mil passageiros por dia entre 4h40 e 5 horas, sem que houvesse nenhuma divulgação", afirmou o diretor. "Esperamos que esse número aumente." Segundo ele, a mudança de horário só não valerá para os feriados que caiam no meio da semana.Tambelli garantiu ainda que a manutenção não será afetada pela troca de horário. "Ela continuará a ser feita entre 1 hora e 4h30", destacou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.