Metrô do Rio obtém crédito de R$ 221 milhões do BNDES

O BNDES aprovou hoje uma suplementação de verbas, no valor de R$ 221 milhões, destinada à expansão do metrô do Rio de Janeiro através da Riotrilhos, pelo governo do Estado.O crédito vai permitir, segundo nota divulgada pelo banco, a conclusão da expansão da rede metroviária até o centro de Copacabana (estação Siqueira Campos), com um acréscimo previsto de 70 mil passageiros/dia, cerca de 17% dos passageiros atualmente transportados. Além disso, vai assegurar a conclusão do Programa de Recuperação Operacional (PRO) e a consolidação do Metrô/RJ, completando assim os investimentos já financiados pelo BNDES.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.