Metrô e CPTM antecipam horário de pico por causa de jogo do Brasil

Para tentar evitar a confusão da semana passada nas estações, o Metrô e a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) vão colocar a frota máxima para circular mais cedo na quinta-feira, já que muita gente será liberada do trabalho para assistir ao jogo do Brasil às 16 horas. Nas linhas da CPTM, a operação horário de pico começará às 13 horas; no metrô, às 13h30. Na terça-feira, o reforço foi a partir das 14 horas. Mas o caos da semana passada deve se repetir, porque o horário para dispensa dos funcionários das repartições públicas, escolas, comércio e indústria não muda. A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) estima aumento de 15% - de 150 mil a 200 mil - na frota de veículos na rua 2 horas antes do jogo. A frota máxima de 89 trens da CPTM e 103 do metrô funcionará até o início do jogo. Na linha C da CPTM (Osasco-Jurubatuba), a operação começará às 12 horas. Na semana passada, o movimento nas estações perto da Avenida Luís Carlos Berrini, no Brooklin, aumentou bastante nesse horário.TrânsitoPara quem vai enfrentar o trânsito nas ruas, as previsões não são nada animadoras. O monitoramento do trânsito será o mesmo da semana passada, quando houve 147 quilômetros de congestionamento - três vezes mais do que a média para o horário - e muita gente não conseguiu chegar a tempo de assistir ao jogo.A frota de ônibus será a mesma, até porque na terça-feira o sistema já operou em sua capacidade máxima - 15 mil veículos. Para compensar, 11 dos 23 terminais de ônibus vão exibir o jogo em telões.RodízioO jeito é evitar o horário mais crítico, das 14 às 16 horas. "Os motoristas devem procurar não sair em cima da hora nem bloquear os cruzamentos", diz Eduardo Macabelli, supervisor de operações da CET. "A saída de todos ao mesmo tempo e o desrespeito aos cruzamentos foram os principais responsáveis pelo congestionamento de terça."A CET vai monitorar os principais eixos viários, especialmente em áreas que concentram bares e similares. A empresa promete alterar os tempos dos semáforos, adequando-os ao fluxo de veículo.Como na semana passada, o rodízio de veículos estará suspenso à tarde. De manhã, valerá das 7 às 10 horas, para carros com placas de finais 7 e 8. (Colaborou Mauro Mug)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.