Metrô mantém troca de bilhete múltiplo de 2 na bilheteria

O Metrô não vai adotar esquemas especiais para realizar a troca do bilhete múltiplo de 2 durante esta semana. A substituiçãopoderá ser feita normalmente nas bilheterias, como ocorreu durante o fim de semana. Os bilhetes múltiplos de dois forambloqueados, por causa do roubo de 2 milhões de passagens, na sexta-feira, no Aeroporto Internacional de São Paulo, emGuarulhos.De acordo com o Metrô, a troca será feita normalmente nas bilheterias porque são poucos os múltiplos de 2 ainda em poder dospassageiros. Os duplos voltarão a ser vendidos normalmente em uma semana, quando a Companhia do Metropolitano receber um novo lote de bilhetes. Os bilhetes multiplos que já foram usados uma vez serão válidos em outra viagem.Para evitar prejuízos para os passageiros que normalmente compram o múltiplo de 2, que custa R$ 3,60, o bilhete unitário teve ovalor reduzido. Ele pode ser comprado por R$ 1,80. Ontem, a universitária Lydiane Amoroso Duarte, de 26 anos, só trocou obilhete depois de ter sido barrada na catraca da Estação Consolação. ?Acho que faltou um aviso maior.? No local, há apenas doiscartazes com o título ?Comunicado Importante.? O advogado Anderson de Oliveira Filho, de 36 anos, não precisou contar com aajuda dos cartazes para realizar a troca. Quando viu no jornal a notícia recolheu os bilhetes que deixa em casa para os paisusarem o fez a substituição. ?Também aproveitei para comprar alguns unitários porque eu não perco um desconto?, brincou oadvogado.Movimento ? No sábado, a utilização do bilhete múltiplo de 2 para completar a segunda viagem nas estações do Metrô foi 80%menor do que o normal. Normalmente, passam pelas catracas do sistema 234 mil múltiplos de 2. Ontem, esse número caiupara 51.694. Com relação ao uso do bilhete unitário, houve um aumento substancial: passou de 155.800, quantidade registradanos sábados normais, para 333.940 ontem.

Agencia Estado,

12 de setembro de 2004 | 20h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.