AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Metroviários aceitam acordo e não entram em greve em SP

Os metroviários de São Paulo suspenderam a paralisação que estava marcada para esta quarta-feira depois do julgamento do dissídio coletivo que terminou hoje à tarde. Os juizes do Tribunal Regional do Trabalho concederam 8% de reajuste salarial aos metroviários com extensão para outros benefícios, como vale-refeição e a cesta-básica.Ainda hoje, em assembléia, os diretores do sindicato vão comunicar a sentença à categoria, que deve suspender a paralisação marcada para amanhã, mas manter-se em estado de greve. Os metroviários temem que a diretoria do metrô recorra ao Tribunal Superior do Trabalho para suspender a decisão do TRT de São Paulo.

Agencia Estado,

28 de maio de 2002 | 18h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.