Metroviários de SP ameaçam entrar em greve nesta terça

Os metroviários de São Paulo poderão entrar em greve por tempo indeterminado a partir da primeira hora desta terça-feira, 27, caso a Companhia do Metropolitano e o governo estadual não pagarem a Participação dos Resultados (PR). Segundo informações do sindicato da categoria, as tentativas de negociação com a empresa e o governo estadual não evoluíram e o Metrô não apresenta proposta de pagamento da PR. Os metroviários reivindicam este direito com base em uma folha e meia de pagamento. A greve foi acertada durante assembléia no dia 22. Na tarde desta segunda-feira, 26, será realizada uma reunião entre o sindicato, o Metrô e o governo de São Paulo. Já no início da noite, haverá ainda uma assembléia no Sindicato com o objetivo de avaliar o resultado desta reunião e, dependendo da decisão da categoria, a greve, que já está decretada desde a semana passada, poderá iniciar.

Agencia Estado,

26 Fevereiro 2007 | 12h54

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.