AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Metroviários devem recorrer da multa

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo pretende recorrer da multa de R$ 100 mil estipulada hoje pelo Tribunal Regional de São Paulo (TRT-SP) caso a categoria não volte ao trabalho ainda hoje. A greve dos funcionários do Metrô, iniciada à zero hora, foi considerada abusiva. A categoria se reúne na noite desta segunda-feira em assembléia para decidir o que fazer."Se a categoria decidir que deverá manter a greve, não teremos dúvidas. Vamos recorrer para não pagarmos a multa. Não dá para voltar para casa sem obter o reajuste que pedimos", disse Onofre Gonçalves de Jesus, presidente do sindicato.De acordo com ele, a decisão do TRT já era esperada pela categoria. "A decisão do Tribunal não altera em nada nossa atuação", afirma Jesus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.