Metroviários estão em estado de greve

O Sindicato dos Metroviários está em estado de greve e não descarta uma paralisação, caso a negociação com o Metrô não avance. A categoria pede reajuste salarial de 4,7% e mais 10% de produtividade. Até ontem, a empresa oferecia aumento de 4,51%. Na segunda-feira, os metroviários farão uma passeata partindo da Praça da Sé. E, no dia seguinte, retomarão as negociações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.