Vinícius Passarelli/Estadão
Vinícius Passarelli/Estadão

Michel Teló agita os foliões no Ibirapuera com seu bloco Bem Sertanejo

É a primeira vez que o bloco participa do carnaval; Teló chegou no local por volta das 13h30, rodeado de seguranças e de gritos estridentes das fãs

Vinícius Passarelli, O Estado de S.Paulo

03 de março de 2019 | 15h04

O Parque do Ibirapuera, na zona sul de São Paulo, parece ter se tornado o centro dos ritmos não muito ligados ao carnaval. Se neste sábado, 2, o trio Favela Med Mex trouxe a batida eletrônica, este domingo é a vez do sertanejo entrar com tudo na folia paulistana.

O bloco Bem Sertanejo, comandado por Michel Teló, promete agitar a multidão de fãs do cantor, autor de vários sucessos ao longo dos últimos anos.

Teló chegou no local por volta das 13h30, rodeado de seguranças e de gritos estridentes das fãs. Essa é a primeira vez que o bloco Bem Sertanejo participa do carnaval. Ele subiu ao palco por voltas das 15h.

A chuva até ameaçou no começo do show, mas não chegou e o público pode se acabar no arrocha. Teló começou o show com seus maiores sucessos: "Ei, Psiu Beijo Me Liga", "Humilde Residência" e "Ai Se Eu Te Pego" - sucesso mundial em 2011.

Depois, foi alternando entre modas de viola - como "Menino Da Porteira" -, sucessos do sertanejo universitário e músicas de micareta, como "Praieiro", de Jammil e Uma Noites.

As "modas de carnaval" também não faltaram na animada setlist. O povo que foi para cantar um bom sertanejo também se animou com o hit do verão "Jenifer", de Gabriel Diniz.

"O projeto já existe e rodou por todo país. Naturalmente, veio a ideia de colocarmos o Bem Sertanejo em cima de um trio elétrico no carnaval", explica Jefferson Medeiros, organizador do bloco. "Os grandes hits estão presentes e é um show mais para cima que o costume".

Neurimar de Souza, de 42 anos, saiu de Guarulhos apenas para ver o cantor sertanejo. "Ontem fomos para o centro, mas fizemos questão de vir aqui no Ibirapuera para ver o Teló", disse enquanto já se animava com as músicas que tocavam no trio enquanto o show não começava. 

O show teve a participação do cantor sertanejo Juninho Campos, que acompanhou Teló no trio elétrico e cantou alguns dos seus sucessos.

Alguns foliões reclamaram das filas dos banheiros químicos, principalmente mulheres. A espera para poder usar o banheiro chega a 40 minutos.

O bloco encerrou por volta das 18h e o público começou a se dispersar em frente ao Monumento às Bandeiras. A expectativa da Polícia Militar era de aproximandamente 100 mil pessoas no Parque do Ibirapuera neste domingo de carnaval.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.