Mídia internacional repercute desabamento dos prédios no Rio

Site de jornais nos Estados Unidos, Europa e África já informavam sobre acidente desta noite

Estadão.com.br,

25 Janeiro 2012 | 23h50

SÃO PAULO - Apesar das poucas informações, o desabamento dos prédios no centro do Rio de Janeiro ganhou destaque nos sites dos principais jornais ao redor do mundo nesta quarta-feira, 25.

"Eu comecei a ouvir alguns estalos, pensei que eram tiros. Mas olhei para cima e vi os andares caindo", relatava uma testemunha para o portal da emissora norte-americana CNN.

"O local da tragédia coincide com o centro histórico e comercial do Rio, onde diariamente centenas de milhares de pessoas trabalham em edifícios muitos altos", ressaltava a matéria do site do jornal espanhol El País.

No jornal Washington Post, o destaque era para a causa do desabamento dos edifícios no centro carioca. "O prédio ruiu provavelmente após uma explosão de gás natural. Escombros se espalhavam por uma grande área, sobre carros e motos e edifícios vizinhos foram danificados".

Já o portal StarAfrica.com usava as informações iniciais passadas em emissoras brasileiras de que no local haveria ao menos 11 vítimas. "O acidente provocou pânico na região do centro, perto do Teatro Municipal e do Largo da Carioca".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.