Milhares comemoram o feriado de São Jorge no Rio

Prefeitura montou esquema especial para garantir segurança aos fiéis e bom funcionamento do trânsito

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

23 de abril de 2010 | 09h40

 

SÃO PAULO - Nesta sexta-feira, 23, milhões de fiéis em todo o País comemoram o dia de São Jorge. No Rio, devotos do santo lotam o interior e o lado de fora da Igreja de São Jorge no centro da cidade. O Dia de São Jorge, que segundo a Arquidiocese do Rio tem milhões de devotos em todo o Brasil, deverá ter festas o dia todo.

 

A Prefeitura do Rio montou um esquema especial, com alterações no trânsito e controle dos vendedores ambulantes para garantir segurança dos fiéis durante as festas e procissões.

 

As alterações e interdições no trânsito no entorno da Praça da República e no bairro de Quintino Bocaiuva, na zona norte do Rio, começaram na noite de ontem e devem permanecer até a manhã do sábado, 24, segundo a prefeitura.

 

Para a festa de São Jorge na igreja da Praça da República, no Centro, a via junto à praça, em frente ao Campo de Santana, na pista da direita entre a Avenida Presidente Vargas e a Rua da Constituição foi interditada. O fechamento se estenderá à pista lateral da Avenida Presidente Vargas, no sentido Centro e junto à praça, em frente ao Campo de Santana. Até as 12 h de sábado, a interdição será na pista de serviço da Praça da República, lado esquerdo, entre a Avenida Presidente Vargas e a Rua Buenos Aires.

 

Estacionamento

 

Os veículos de serviço têm permissão para estacionar na pista lateral da Avenida Presidente Vargas, sentido Centro, entre a Praça da República e a Avenida Tomé de Souza, das 6h à meia-noite de hoje. Nesse mesmo período haverá estacionamento pelo sistema Rio Rotativo

 

Trechos de quatro vias próximas à Igreja de São Jorge terão período único. São elas: Avenida Presidente Vargas, pista lateral no sentido Centro, em ambos os lados, entre a agulha após a Avenida Tomé de Souza e a Avenida Passos, deixando livre o acesso da agulha da pista central para a lateral; Rua Buenos Aires, lado esquerdo, entre a Av. Tomé de Souza e a Rua República do Líbano e entre esta e a Praça da República; Praça da República, pista de serviço no lado esquerdo, entre as ruas Buenos Aires e da Constituição e ainda entre esta e a Rua Visconde do Rio Branco; e Rua República do Líbano, lado direito, entre as ruas Visconde do Rio Branco e da Constituição e entre as ruas Buenos Aires e da Constituição.

 

 

Procissão no domingo

 

Para a procissão em louvor a São Jorge no domingo, 25, a partir das 9h, o trecho da pista de serviço da Praça da República será fechado entre a Avenida Presidente Vargas e a Rua Buenos Aires. A partir das 10h a procissão ocupará duas faixas de trânsito no lado direito da igreja, na Praça da República, seguindo pelas avenidas Presidente Vargas e Passos, pela Praça Tiradentes e a Rua Visconde do Rio Branco, voltando pela Praça da República até a igreja.

 

Para a festa organizada pela Igreja Matriz de São Jorge, em Quintino, três vias no entorno da igreja estarão fechadas ao tráfego até 6h da manhã de sábado: a Praça Quintino Bocaiuva (todo o entorno, menos o da Rua Nerval de Gouveia) e as ruas Clarimundo de Melo (da Rua Bernardo Guimarães à Rua Assis Carneiro) e da República (entre a Clarimundo de Melo e a Praça Quintino Bocaiúva).

 

O tráfego será desviado, exceto no horário da procissão: da Rua Clarimundo de Melo para a Avenida Amaro Cavalcanti, os motoristas deverão seguir pelas ruas Bernardo Guimarães, Nerval de Gouveia, Elias da Silva, Assis Carneiro e Clarimundo de Melo.

 

Entre 15h e 19h de hoje, para a procissão em honra ao santo, a Rua Clarimundo de Melo será fechada desde a Rua Bernarndo Guimarães até a Rua Padre Telêmaco, e esta fecha desde a Clarimundo de Melo até a Rua Ernani Cardoso. Também serão bloqueadas as ruas Elias da Silva (entre a Rua Nerval de Gouveia e o Viaduto Compositor Wilson Batista) e Nerval de Gouveia (da Rua Bernardo Guimarães à Elias da Silva).

 

Nesses dia e horário, o tráfego também será desviado: da Rua Ernani Cardoso para a Av. Amaro Cavalcanti, o tráfego será orientado a seguir pelo Viaduto Washington Luís, a Avenida Dom Helder Câmara, as ruas da Pedreira, Goiás e Euzébio de Matos, e ainda pela Praça dos Garis, Rua Manuel Vitorino, Praça Sargento Eudóxio Passos e Rua Clarimundo de Melo, usando esta para acessar a Amaro Cavalcanti. Já da Clarimundo de Melo para a Rua Ângelo Dantas, o roteiro do trânsito segue pelas ruas Assis Carneiro e Elias da Silva, o Viaduto Wilson Batista, as ruas Goiás e Cupertino e a Avenida D. Helder Câmara.

 

 

Alterações de mão e estacionamentos

 

Até as 6h da manhã de sábado, será autorizada a mudança de circulação viária, com sentido único de circulação, na Rua João Barbalho (entre a Clarimundo de Melo e o Viaduto Wilson Batista) e no Viaduto Wilson Batista (entre as ruas Elias da Silva e Goiás).

 

Naquele período, o estacionamento de veículos será proibido nos dois lados da Rua Clarimundo de Melo, desde a Rua Bernardo Guimarães até a Rua Assis Carneiro, e também na Rua João Barbalho, da Clarimundo de Melo ao acesso para o Viaduto Wilson Batista.

 

Ambulantes

 

A subprefeitura da Zona Norte montou um planejamento especial para o dia de São Jorge, com o objetivo de garantir que os mais de 150 mil fiéis que forem à Igreja Matriz de São Jorge, em Quintino, não enfrentem qualquer tipo de contratempo e cheguem tranquilamente ao local.

 

Além das alterações no trânsito, apenas 60 barracas de vendedores ambulantes foram autorizadas pela Prefeitura e ficarão no entorno da igreja. Elas foram escolhidas há um mês através de sorteio e poderão comercializar alimentos, bebidas, flores e artigos religiosos ligados ao evento. Outros ambulantes que tentarem ficar na Rua Clarimundo de Melo serão retirados.

 

Já para a Festa do Centro, haverá o mesmo padrão de fiscalização da Festa de Quintino e contará com uma Tenda de Gerenciamento montada na Praça da República em frente a Paróquia de São Jorge.

Serão 29 barracas de comércio ambulante autorizadas montadas no Centro. Elas estarão no Campo de Santana e nos mesmos moldes e padrão das que estarão na Festa de Quintino.

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
RioSão Jorgeferiado

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.