Milhares de pessoas participam da Parada do Orgulho Gay no Rio

Durante o evento, representantes da OAB recolheram assinaturas para o Estatuto da Diversidade Sexual

EFE,

18 Novembro 2012 | 18h39

RIO DE JANEIRO - Milhares de pessoas participaram, neste domingo (18), na praia de Copacabana, da Parada do Orgulho Gay, que tinha como lema "O coração não tem preconceitos. Tem amor".

Os 13 trio-elétricos formaram uma alegre caravana, acompanhada por uma gigantesca bandeira com as cores do arco-íris, símbolo da comunidade de Lésbicas, Gays, Transexuais e Bissexuais (LGTB). Nos trios-elétricos, os globos, as fantasias e a festa combinavam com mensagens que pediam o fim da discriminação sexual e da intolerância religiosa.

Segundo os organizadores, mais de um milhão de pessoas compareceram ao desfile que percorreu de ponta a ponta a Avenida Atlântica, mas esse número não foi confirmado pelas autoridades.

Durante o evento, foi realizada uma enquete com a qual se pretende identificar o nível de conhecimento da população LGTB sobre políticas públicas destinadas a eles, seus direitos e suas conquistas.

Além disso, representantes da Organização de Advogados do Brasil (OAB) recolheram assinaturas para o Estatuto da Diversidade Sexual e a Defensoria Público do Rio de Janeiro, dispôs de advogados de forma gratuita para aqueles que tivessem dúvidas jurídicas.

A organização distribuiu cerca de 300 mil preservativos, além de disponibilizar postos para realização de exames de Aids e para vacina contra a hepatite B.

O desfile foi organizado pela ONG Arco-Íris, que completará, em 2013, 20 anos de existência. Segundo a organização, 266 homossexuais, bissexuais e transexuais foram assassinados em 2011 no Brasil por conta do preconceito.

Mais conteúdo sobre:
parada gay rio de janeiro lgtb

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.