Milhas do Programa Smiles

Carta 19.740Comprei um bilhete Varig Rio/Brasília, ida e volta, pela internet. Já fiz a viagem, mas ao consultar o programa Smiles, fui informado de que essa passagem não dá direito a milhas. Quando a comprei não recebi essa informação, nem no check-in.RAUL ROTHSCHILDConsolaçãoA VRG responde:"Operamos a marca Varig. A passagem citada não possibilita acúmulo de milhas Smiles, norma que está no www.smiles.com.br. Informações sobre tarifas elegíveis para acúmulo de milhas são obtidas na Central de Atendimento Smiles e lojas Varig, no ato da reserva ou aquisição da passagem." Participo há 10 anos do Programa Smiles e tenho mais de 90 mil milhas. Em 30/4, pedi à Central a emissão de 4 passagens para minha família, para Santiago do Chile, em 16/7, e volta no dia 20, mas a atendente disse que eu deveria ter feito o pedido ?com antecedência?. Como alternativa, pedi bilhetes para Buenos Aires, também não disponíveis. A alegação de que não fiz o pedido com antecedência não procede, porque eu o fiz quase três meses antes. JANSSEN de SOUZA MirandópolisA VRG responde:"Em 12/5 emitimos quatro passagens Smiles para julho, para BA. Dia 15 o leitor cancelou a reserva e o total de 80 mil milhas foi creditado em sua conta."O leitor informa que preferiu cancelar porque analisou o custo e viu que não valia a pena. Ele pagou R$ 300 de taxas e ainda está insatisfeito porque não há vôos para vários destinos.Carta 19.741É aquela de ?Lost??...Dia 8/4 às 20h30 eu deveria viajar Ocean Air Ipatinga/SP. Fiz check-in 2 hs antes mas avisaram que o vôo talvez atrasasse; eu teria de pernoitar em SP, pois iria para Vitória às 6h05. Perguntei se não seria melhor ir por outra cia., mas garantiram o vôo e deram vales de R$ 14 para lanche (teríamos de esperar até meia-noite). Quando o avião pousou, soubemos que (razões técnicas) não iríamos para SP mas para BH, onde dormimos em hotel, motel e hotel-fazenda. Fui acomodado às 3h, para acordar às 6 e pegar o vôo às 7h30! Quem pagará o prejuízo com a diária do hotel e o vôo que perdi?LUIZ ALEXANDRE DURAN MACEDOSão José dos Campos/SP A Ocean Air responde:"Cumprimos nossa obrigação em casos de vôo com atraso: os clientes são acomodados em hotel e realocados em vôos de outras cias., levando-os ao destino final. Se houver prejuízo ref. ao hotel, será apurado."Não cobraram do leitor o trecho Ipatinga-BH, mas não ressarciram o valor da diária do hotel de SP nem a diferença do vôo para Vitória. Deveríamos viajar Araçatuba-SP em 11/3 às 6 h pela OA. Por motivos técnicos, o avião partiu só às 8h30. Na volta, sairíamos às 21h40 de Congonhas, mas adiaram para as 2h com chegada em Araçatuba às 3h30. Sugeriram irmos de ônibus para Guarulhos, mas não dava, pelo horário. Viajamos por outra empresa, mas a Ocean Air não ressarciu só prejuízo. (Carta de 17/3, respondida no dia 6/6)PEDRO MUDREY BASAN e JOÃO BOSCO da COSTATupã/SPA OceanAir responde:"Na ida, por se tratar de atraso inferior a 3h, não cabia reacomodação. Na volta (atraso maior que 4h) e horário de operação de Congonhas, mudamos a saída para Guarulhos, para onde transportamos os passageiros de ônibus. Demos atendimento, incl. vale-refeição."Os leitores refutam: pagaram por avião, então deveriam ser levados de helicóptero, não de ônibus. Em 21/5 eu deveria ir a Araçatuba pela OA. Liguei no dia 18 para trocar a data de um vôo em junho, descobrindo então que o vôo do dia 21 fora cancelado. Como eu havia pago por cartão, só me ressarciriam 30 dias depois. Após muito estresse, no dia 19 anunciaram contato para falar sobre o ressarcimento, o que se deu - mas quando ressarcirão o prejuízo devido ao cancelamento?BEATRIZ CASTRO PRADO de A. CAMPOSItaim BibiA Ocean Air responde:"O reembolso foi depositado em conta. Quanto à indenização pleiteada ref. ao prejuízo pelo cancelamento do vôo 6160, ela deve ser avaliada pelo Dep. Jurídico."O vôo de junho também foi cancelado. A empresa ressarciu o 1.º bilhete, mas ainda não pagou a diferença das passagens em outra cia., que a leitora teve de pagar nos dois vôos cancelados, como também o valor do 2.º bilhete.Correspondência para São Paulo Reclama: e-mails para spreclama.estado@grupoestado.com.br; cartas para Av. Eng.º Caetano Álvares, 55, 6.º, CEP 02598-900 ou fax 3856-2929, com nome, end., RG e tel., a/c de CECILIA THOMPSON, podendo ser resumidas a critério do jornal. Cartas sem esses dados não serão consideradas. As respostas não publicadas serão enviadas pelo correio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.