Miliciano suspeito de ser o matador do grupo é preso em Duque de Caxias-RJ

Ele atuava nas regiões de Vila Rosário, Jardim Gramacho e Parque Suécia; detenção ocorreu pelo Operação Capa Preta

Priscila Trindade, Central de Notícias

26 Abril 2011 | 10h53

SÃO PAULO - Um miliciano, de 33 anos, foi preso, nesta segunda-feira, 25, no bairro Pantanal, em Duque de Caxias, no Rio, por policiais da 59ª DP. Ele é apontado como o matador do grupo, atuando na Vila Rosário, no Jardim Gramacho e no Parque Suécia.

 

O preso era um dos procurados na Operação Capa Preta, desencadeada pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e Inquéritos Especiais (DRACO-IE).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.