Milicianos denunciados por torturar jornalistas

O Ministério Público denunciou ontem dois acusados de terem torturado repórteres do jornal O Dia, em maio, na Favela do Batan. Odinei Fernando da Silva, o Dinei ou Zero Um, e Davi Liberato de Araújo, o Zero Dois, foram denunciados por formação de quadrilha armada, tortura e roubo. Se condenados, a pena pode chegar a 20 anos de prisão. Foram pedidas as prisões preventivas dos acusados, que seriam os líderes da milícia que atua no Batan.

O Estadao de S.Paulo

01 Agosto 2008 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.