Militantes em Maceió protestam contra Alca

Cerca de 600 militantes de partidos de esquerda, entidades sindicais e organizações não-governamentais participaram, nesta sexta-feira pela manhã, de uma passeata pelas ruas de Maceió contra a Alca (Área de Livre Comércio das Américas).Portando faixas, bandeiras e gritando palavras de ordem - "Fora daqui o FHC e o FMI" -, os manifestantes saíram do bairro do Farol, percorreram várias ruas do Centro e se concentraram na Praça Pedro II, em frente ao prédio da Assembléia Legislativa de Alagoas.A manifestação foi acompanhada de perto por viaturas da Polícia Militar. No trajeto, alguns comerciantes fecharam as portas das lojas, temendo saques, mas não foi registrado nenhum incidente. "Não tenham medo, essa é uma manifestação pacífica, contra o Fundo Monetário Internacional e a Alca", explicava José Carlos Fernandes, presidente do Sindicato dos Policiais Civis, no microfone do carro de som, que acompanhava a manifestação. Para ele, negociar a soberania do Brasil, aceitando a Alca, é uma traição.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.