Militar da Aeronáutica é morto no Rio

O terceiro sargento da Aeronáutica, Marcelino da Silva Cabral, de 42 anos, foi assassinado a tiros na Estrada da Conceição, no município de Tanguá, Grande Rio. O crime ocorreu no fim da noite de ontem e, segundo a Polícia Militar, o corpo do militar foi encontrado em frente a um conjunto habitacional. Policiais do 35º BPM, responsável pela área, contaram que quatro homens em um Gol passaram atirando na direção de Cabral, que teve uma pistola calibre 380 roubada. Eles não informaram o motivo do crime nem confirmaram se os bandidos estavam praticando roubos pela região. O sargento trabalhava no 3º Comando Aéreo da Aeronáutica, no centro do Rio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.