Militar é preso em Recife após agredir vizinha

O subtenente da Aeronáutica Eliézer de Oliveira Riscado, de 42 anos, foi preso, na noite de ontem, em Recife, acusado de tentar matar a vizinha, Maria da Conceição Axotes, de 34 anos. De acordo com testemunhas, o militar parou o carro em frente à residência da vítima, no município de São Lourenço da Mata, região metropolitana de Recife e pediu para que ela saísse para conversar.Segundo o relato da vítima, assim que se aproximou, Eliézer teria agarrado seu braço esquerdo e dado partida no carro, arrastando-a por mais de 150 metros. "Eu pensei que ia morrer. Gritei muito e as pessoas começaram a olhar. Caí no chão e mesmo assim ele não parou. Só consegui me soltar depois que já estava com as costas em carne viva", relatou Maria da Conceição em entrevista a uma rádio local. Socorrida por familiares, a mulher foi levada para o Hospital Getúlio Vargas, no Recife, onde permanece internada. Segundo os médicos, a vítima teve várias lesões na pele e músculos. Em depoimento à polícia, Maria da Conceição confirmou ter discutido dias antes com o acusado. O motivo da discussão foi o som alto que Eliézer costumava ouvir em frente a casa da vítima. Depois da agressão, o suspeito fugiu do local, mas a Polícia Militar conseguiu capturá-lo em seguida. O militar foi recolhido ao Comando da Aeronáutica em Recife. A família do acusado não quis se pronunciar sobre o caso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.