Militares discutem segurança com governo do Rio na segunda

O ministro da Defesa, Waldir Pires, e os comandantes do Exército, Marinha e Aeronáutica vão se reunir na próxima segunda-feira, 16, com o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), e autoridades de segurança do Estado para discutir as ações em que as Forças Armadas possam colaborar no combate ao crime. Segundo fontes do Palácio do Planalto, a decisão foi tomada durante a reunião da manhã desta quinta-feira, 12, entre o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ministro da Defesa, os ministros da Justiça, Tarso Genro, e do Gabinete de Segurança Institucional, Jorge Félix, e os comandantes militares. No encontro, os comandantes informaram ao presidente Lula que "estão dispostos a contribuir, dentro dos limites constitucionais", segundo informações do Planalto. O presidente considerou justo o pedido de apoio das Forças Armadas feito por Cabral e determinou que os comandantes "colaborem com o que for possível para resolver a questão". Os comandantes militares na área do Estado do Rio também vão participar da reunião de segunda-feira, marcada para as 14 horas, no Palácio Laranjeiras, residência oficial do governador. Na reunião, as forças federais pretendem ouvir das autoridades do Rio quais são as demandas para o problema da segurança do Estado, para, em seguida, discutir um planejamento de trabalho. Caso seja decidida uma ação conjunta, o comando de todas as forças militares e estaduais será do governo federal, explicou a fonte. O anúncio oficial da reunião de segunda-feira deve ser feito ainda nesta quinta-feira.

Agencia Estado,

12 Abril 2007 | 12h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.