Redes Sociais | 27.08.2015
Redes Sociais | 27.08.2015

Militares do Exército dançam funk com armas engatilhadas; veja vídeo

Exército informou que os oficiais foram expulsos; eles pertenciam ao 1º Regimento da Cavalaria, responsável pela guarda presidencial

O Estado de S. Paulo

27 Agosto 2015 | 10h46

SÃO PAULO - O Exército expulsou soldados que foram filmados dançando funk com armas na mão em um espaço aberto em Brasília. O vídeo circulou nas redes sociais. Os oficiais pertenciam ao 1º Regimento da Cavalaria, responsável pela guarda presidencial.  

No vídeo, cinco soldados aparecem engatilhando as armas no ritmo da música enquanto dançam o funk 'Muito louco de balinha'. Um sexto homem filma a apresentação. De acordo com a assessoria de imprensa do Exército, as imagens são de 2014 e os oficiais foram desligados, "a bem da disciplina". 

Segundo o Exército, o comando da Unidade abriu um procedimento administrativo para apurar os fatos. "Após conceder o direito de ampla defesa e contraditório, os envolvidos foram excluídos das fileiras do Exército, a bem da disciplina, devido à gravidade de seus atos, de acordo com a legislação vigente", disse o Exército em nota.

Mais conteúdo sobre:
Estadão Trends Exército Brasília

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.