Militares do Exército fazem operação no Morro da Mangueira

Os militares do Exército fazem operação no Morro da Mangueira, na zona norte do Rio, onde estão distribuindo à população folhetos que dizem "os bandidos que roubaram as armas não se preocupam com o bem de sua família. Eles vão usar as armas para aumentar a violência contra você. Denuncie os bandidos e os locais dos esconderijos das armas". O papel traz o telefone do Disque-Denúncia. Para o chefe de relações públicas do Comando Militar do Leste (CML), coronel Fernando Lemos, a população do Rio está apoiando a ação do Exército, uma vez que o volume de denúncias tem se mostrado grande. No entanto, na Mangueira, moradores evitam receber o folheto das mãos dos soldados. Lemos afirmou ainda que a recuperação da pistola e dos dez fuzis roubados de um quartel, na semana passada, é um "ponto de honra". "O Exército não pode ser desmoralizado", defendeu. O secretário de Segurança Pública, Marcelo Itagiba, que montou uma operação integrada com o Exército, ressaltou que não há um comando único, e sim compartilhado das ações.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.