Militares mortos em queda de helicóptero são velados em SP, RJ e MG

Os corpos dos seis militares do Comando de Aviação do Exército (Cavex) de Taubaté que morreram na última quinta-feira em treinamento no Rio Grande do Sul foram liberados na manhã de hoje do Instituto Médico Legal de Santa Maria (RS). Um avião da Força Aérea Brasileira deixou a cidade gaúcha por volta das 9h30 e trouxe para o Estado de São Paulo os corpos das vítimas. De São Paulo, alguns seguiram para os Estados de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Segundo o chefe de comunicação do Cavex, tenente-coronel Eduardo Leite Medina, apenas um militar, o cabo Éverton Vendramel de Castro Chagas, será enterrado em Taubaté, no Vale do Paraíba. Seu sepultamento está marcado para amanhã, às 10 horas, no Cemitério Paineiras.O corpo do capitão Yuri Sarti Rossi seguiu para o município de São Roque, região de Campinas. No Rio de Janeiro serão sepultados na tarde de hoje, segundo o Cavex, os corpos do terceiro-sargento Márcio Vieira de Andrade e dos primeiros-tenentes Fernando Antonio Ribeiro Jr e Celso André dos Santos. Na cidade de Luminária (MG) também será enterrado hoje à tarde o corpo de Péterson Aleandro Oliveira Ferreira. De acordo com Medina, cinco equipes da Aviação do Exército acompanharam os velórios e sepultamentos. Medina informou também que apesar dos dois acidentes ocorridos neste ano, as missões e os treinamentos não serão alterados. "Somos profissionais e sabemos dos riscos desta profissão. Apesar de termos perdidos grandes amigos, a missão não pode parar".

Agencia Estado,

17 de julho de 2004 | 13h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.