Militares presos com armas e munição perto de favela no Rio

Um major e dois cabos do Exército foram presos neste domingo por policiais militares, na zona norte do Rio, por estarem portando um fuzil, duas pistolas, um revólver e farta munição nas proximidades de uma favela localizada ao redor da avenida Brasil.Os três ocupavam um carro com placas do Rio de Janeiro e foram interceptados em uma blitz. De acordo com o Comando Militar do Leste (CML), o major e os cabos estavam de folga e não tinham autorização para conduzir as armas. Ainda segundo o CML, as armas encontradas não fazem parte do arsenal das Forças Armadas. O oficial ficou detido no 1º Batalhão de Polícia do Exército e os cabos foram levados para outro quartel. O Exército informou que os três homens estarão à disposição da Justiça comum. Eles vão responder a inquérito militar. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados. Os policiais militares que participaram da operação acreditam que os homens estavam a serviço de traficantes de droga.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.