Minas adere ao Sistema Único de Segurança Pública

Minas vai receber R$ 35 milhões dos fundos nacionais da Segurança Pública e Penitenciário. Por meio do convênio, firmado nesta terça-feira com a União, o Estado passa a contar com o gabinete de Gestão Integrada da Segurança, que reunirá integrantes da Secretaria de Estado de Defesa Social, das Polícias Civil, Militar e da Superintendência da Polícia Federal em Minas, além dos Ministérios Públicos Estadual e Federal.De acordo com o ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, a liberação dos recursos será feita progressivamente, à medida que forem sendo aprovados os projetos encaminhados pelo Estado.De acordo com o governador de Minas, Aécio Neves (PSDB), os recursos da União serão aplicados em projetos já elaborados pela Secretaria de Defesa Social, principalmente no controle de homicídios nas regiões de altos índices de violência.Nesta quarta-feira será a vez de o Rio aderir ao programa. Bastos acredita que, num prazo de dois meses, o Brasil já deverá ter um Sistema Único de Segurança Pública (Susp), integrando todos os Estados.Veja o especial:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.