Minas Gerais tem 35 municípios em situação de emergência

Alagoa, Claro dos Poções, Alvinópolis e Timóteo registraram prejuízos após temporais

Priscila Trindade, do estadão.com.br,

28 de dezembro de 2011 | 18h22

SÃO PAULO - Subiu de 31 para 35 o número de municípios mineiros em situação de emergência, de acordo com boletim da Defesa Civil estadual divulgado nesta quarta-feira, 28.

As cidades de Alagoa, Claro dos Poções, Alvinópolis e Timóteo decretaram emergência depois de registrar pontos de alagamento e deslizamentos de terra. Mais de 2 milhões de pessoas foram afetadas pelo mau tempo, sendo 7.848 desalojados (foram para casa de parentes e amigos) e 374 desabrigados (que foram para abrigos).

Foram registradas até o momento duas mortes. Um homem de 43 anos morreu em Reduto ao ser atingido por um eucalipto no dia 28 de outubro, e uma mulher de 27 anos morreu ao ser surpreendida pela súbita elevação do nível d’água às margens do córrego Figueirinha, em Governador Valadares, no dia 19 de novembro. O número de feridos em todo o Estado chega a 31.

Segundo a Defesa Civil, uma frente fria deverá estacionar em Minas Gerais até o dia 4 de janeiro, causando chuvas de forte intensidade. Há condições para ocorrência de temporais isolados no Triângulo Mineiro e Sul, principalmente no período da tarde.

Mais conteúdo sobre:
Minas Geraisemergênciachuva

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.