Minas tem 102 cidades em emergência por causa das chuvas

Cento e dois dos 853 municípios mineiros já decretaram estado de emergência por causa das chuvas desde outubro de 2006. Entre eles, está Juiz de Fora, segunda maior cidade do Estado, com 493 mil habitantes. O balanço foi divulgado nesta quarta-feira, 17, pela Defesa Civil de Minas Gerais.Juiz de Fora é o principal município da Zona da Mata, região mineira mais castigada pelo mau tempo. A Defesa Civil da cidade está em alerta por causa do risco de transbordamento do rio Paraibuna, que está 2,5 metros acima do nível normal. Também foram registrados desabamentos. Doze casas estão interditadas.De outubro até agora, 23 pessoas morreram vítimas das chuvas em Minas Gerais, seis delas somente este ano. Nesta quarta-feira, foram enterrados os corpos dos aposentados Otávio Gomes da Cunha, de 67 anos, e Lenici Conde da Cunha, de 59. O casal foi vítima, na terça-feira, do desabamento da própria casa, que foi atingida por um barranco, em Além Paraíba, também na Zona da Mata. O número de desabrigados em todo o Estado é de 7.922, segundo a Defesa Civil; os desalojados são 16.702.O mau tempo tornou crítica, ainda, a situação de diversas rodovias federais que cortam Minas Gerais. Nesta sexta havia 13 trechos de rodovias interditados, 12 deles devido aos estragos provocados pelas chuvas e um por causa de obras. Em cinco trechos, a interdição era total. Um deles ficava na BR-262, perto de Igaratinga, no Centro-Oeste do Estado. A erosão abriu uma cratera na pista.O Departamento Nacional de Infra-Estrutura em Transportes (Dnit) foi informado, mas ainda não há previsão de quando a rodovia será recuperada e o trecho destruído, liberado para o tráfego.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.