Ministério libera R$ 130 mi para Angra e Baixada Fluminense

Governo federal editará medida provisória em benefício de regiões do Rio castigadas pelas enchentes

Marcelo Auler, de O Estado de S. Paulo,

07 Janeiro 2010 | 13h07

Após sobrevoarem a Baixada Fluminense, os ministros das Cidades, Márcio Fortes, e da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, anunciaram nesta quinta-feira, 7, a quatro prefeitos da região (Duque de Caxias, Nova Iguaçu, São João de Meriti e Belford Roxo) a liberação de R$ 50 milhões para obras emergenciais em consequência das chuvas. Horas antes, em Angra dos Reis, Geddel anunciara outros R$ 80 milhões, totalizando R$ 130 milhões que o governo federal pretende liberar imediatamente por meio de medida provisória.

 

Veja também:

mais imagens Angra celebra missa em memória das vítimas do desastre

 

As equipes do Corpo de Bombeiros de Angra dos Reis retomaram no começo da manhã de hoje as buscas a duas pessoas desaparecidas. No Morro da Carioca, a corporação procura por uma menina de 11 anos. Na Praia do Bananal, as buscas se concentram por uma moradora da região.

 

Nos trabalhos de emergência, está sendo feita distribuição de alimentos, agasalhos, cobertores e colchões. A Defesa Civil Nacional tem 15 mil cestas básicas estocadas no Estado carioca para o pronto atendimento. Segundo dados da Defesa Civil do Rio, são 20 localidades afetadas, 900 pessoas estão desabrigadas, 1.868 desalojadas e 72 mortes registradas.

 

(Com Solange Spigliatti, da Central de Notícias)

Mais conteúdo sobre:
Angra dos Reis Rio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.