Ministério Público denuncia quadrilha de traficantes em Nova Friburgo (RJ)

Quadrilha vendida entorpecentes em cinco localidades do município, segundo a denúncia

estadão.com.br,

19 Janeiro 2012 | 18h36

SÃO PAULO - O Ministério Público do Rio de Janeiro denunciou 14 pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha de traficantes que atuava na cidade de Nova Friburgo, na Região Serrana fluminense, pelo crime de associação para o tráfico de drogas.

Segundo a denúncia, a quadrilha comercializava entorpecentes nas localidades do Alto de Olaria, Alto do Floresta, Morro do Rui Sanglard, Morro do Dedé e Jardim Califórnia, todas em Nova Friburgo. Os traficantes eram comandados por criminosos do Rio de Janeiro e recebiam as ordens por telefone.

A quadrilha era uma chefiada por Roberto de Carvalho Kenup Júnior, conhecido como Baú, que controlava a distribuição e o comércio das drogas. Mauro Luiz da Silva Magalhães, conhecido como MR, controlava os negócios ilícitos nas áreas do Alto do Floresta e Jardim Califórnia, ambas no distrito de Conselheiro Paulino. Ele planejava e organizava a prática criminosa mesmo estando preso na Casa de Custódia Vicente Piragibe, no Rio de Janeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.