Divulgação MPSP
Divulgação MPSP

Ministério Público lança cartilha para conscientizar jovens sobre relacionamento abusivo

Guia, elaborado pela promotora de Justiça do Ministério Público de São Paulo Valéria Scarance, contém sete dicas práticas sobre relações tóxicas; veja o vídeo da entrevista

Ana Paula Niederauer, O Estado de S.Paulo

26 de junho de 2019 | 16h28

SÃO PAULO - Com o objetivo de orientar jovens a perceberem atitudes abusivas do namorado, o Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP) lançou neste mês de junho a cartilha "Namoro Legal".

O guia, idealizado e escrito pela promotora de Justiça do Ministério Público de São Paulo Valéria Scarance, contém sete dicas práticas sobre relacionamentos tóxicos.

"Nós pensamos em um público feminino, porque percebemos que mulheres jovens têm sofrido mais violência. É como se a violência estivesse mais juvenil e essa violência tem evoluído de uma forma mais rápida para feminicídio", disse.

Em entrevista à TV Estadão, Valéria afirmou que pesquisas divulgadas este ano demonstram uma maior vitimização das mulheres. "De acordo com a pesquisa 'Visível e Invisível 2019', do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, 42% das mulheres entre 16 e 24 anos sofreram violência em 2018 no Brasil".

De acordo com Valéria, a ideia do guia "Namoro Legal" é esclarecer, de maneira simples e prática, comportamentos abusivos e estabelecer limites, e eventualmente como sair de uma relação que pode causar danos.

A cartilha "Namoro Legal" já está disponível no site no Ministério Público do Estado de São Paulo e pode ser acessada neste link.

Veja a entrevista feita com a promotora de Justiça do Ministério Público de São Paulo Valéria Scarance, idealizadora da cartilha.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.