Intercept Brasil/Reprodução
Intercept Brasil/Reprodução

Ministério Público pede retirada de sigilo dos vídeos da audiência de Mariana Ferrer

Segundo o promotor, pedido vai permitir que os órgãos de controle possam ter acesso à íntegra do ato processual

Fábio Bispo, especial para o Estadão

04 de novembro de 2020 | 19h21

FLORIANÓPOLIS - O Promotor de Justiça Thiago Carriço de Oliveira, que atuou no caso da blogueira Mariana Ferrer, requereu ao Poder Judiciário o levantamento do sigilo do vídeo da instrução criminal que se tornou alvo da polêmica atuação do advogado Cláudio Gastão da Rosa Filho.

Segundo o promotor, o pedido vai permitir que os órgãos de controle possam ter acesso à íntegra do ato processual.

Em nota, o Ministério Público ainda informou que as perguntas feitas pelo Promotor de Justiça à Mariana “atentaram aos princípios de acolhimento e respeito”.

“O Ministério Público reitera seu repúdio à atitude do advogado e ressalta que a exploração de aspectos pessoais da vida de vítimas de crimes sexuais não pode, em hipótese alguma, ser utilizada para descredenciar a versão fornecida por ela aos fatos”, diz trecho da nota.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.