Ministério vai distribuir 19,5 milhões de camisinhas no carnaval

Distribuição faz parte do primeiro lote de preservativos adquiridos na compra de 1 bilhão de unidades em 2007

23 de janeiro de 2008 | 15h58

O Ministério da Saúde começou nesta terça-feira, 22, o envio de 19,5 milhões de preservativos masculinos para todos os estados do Brasil e para o Distrito Federal. É a primeira distribuição do ano, destinada às ações de prevenção das doenças sexualmente transmissíveis e da aids durante o carnaval. O volume de preservativos enviados é 77% maior que no ano passado, quando foram enviados 11 milhões de unidades para distribuição durante o carnaval. Os lotes deverão chegar a todos os estados do País até o início da próxima semana.    As camisinhas serão entregues às Secretarias Estaduais de Saúde, que repassarão para as Secretarias Municipais de Saúde e organizações da sociedade civil que desenvolvem ações de prevenção. A distribuição faz parte do primeiro lote de preservativos adquiridos na compra de 1 bilhão de unidades, finalizada em 2007. O valor unitário do produto firmado nessa licitação foi de R$ 0,06. A quantidade representa 25% de toda a produção mundial de preservativos e corresponde à maior compra já feita pelo governo brasileiro.   O número de preservativos enviados atende aos planos de necessidades elaborados por estados e municípios e acordado com o Ministério da Saúde. Além da compra feita pelo Governo Federal, as Coordenações Estaduais de DST e Aids também são responsáveis pela aquisição de preservativos.    

Tudo o que sabemos sobre:
Carnaval 2008

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.