Ministro agredido em assalto pode ter alta hoje

O ministro do Superior Tribunal deJustiça (STJ) Luiz Fux, agredido a golpes de marreta por assaltantes na noite de sexta-feira, recupera-se bem e, segundo os médicos, pode deixar ainda hoje à noite o Hospital Copa D´Or,na zona sul do Rio, onde foi internado. Felipe Pimentel de Oliveira Costa Vieira, o Felipinho, de 22 anos, que teve a prisão preventiva decretada no sábado depois de ter sidoreconhecido por foto pela família de Fux como um dos ladrões, continua foragido.Fux, de 50 anos, ficou com o rosto bastante machucado. Ele passou bem o dia de hoje, em companhia de parentes. O ministro apanhou dos ladrões que invadiram seu apartamento, emCopacabana, ao reagir ao assalto.Além de Felipinho, pelo menos outros três homensparticiparam da ação e já tiveram retratos falados divulgados. Segundo a polícia, trata-se de uma quadrilha formada por jovens de classe média que mora e rouba na zona sul - Felipinho, por exemplo, mora em Copacabana. Eles assaltariam para conseguir dinheiro para comprar drogas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.