Ministro da Justiça diz que tropas podem ser usadas no Rio

O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, que encontrou-se com a governadora do Rio, Rosinha Matheus, na segunda-feira para a assinatura de convênios na área de segurança, disse que a Força Nacional de Segurança Pública está à disposição de todos os Estados, mas que, diferentemente do governador do Espírito Santo, não ouviu esse pedido de Rosinha Matheus.O ministro não quis avaliar se o emprego da tropa federal é necessária no Rio, diante da série de conflitos que alteraram a rotina dos cariocas nas últimas semanas, e afirmou que o assunto será objeto de uma reunião do Gabinete de Gestão Integrada da Segurança Pública, que reúne diversas esferas de governo. "Essa avaliação deve ser feita pelas autoridades estaduais".Para o secretário Marcelo Itagiba, a tropa federal não é necessária no Rio. Para o secretário, o fechamento de vias expressas durante confrontos entre traficantes não pode ser classificado como distúrbio, mas uma medida da polícia para "dar proteção às pessoas que passam".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.