Ministro da Justiça lança plano para reduzir violência em Alagoas

Estado é considerado o mais violento do País, segundo o Mapa da Violência elaborado pelo Ministério da Justiça; programa Brasil Mais Seguro

Carlos Nealdo, de Alagoas, Estadão.com.br

27 Junho 2012 | 13h48

MACEIÓ - Com as presenças do ministro da Justiça, José Eduardo Cardoso, e da secretária nacional de Segurança Pública, Regina Mikki, o governo federal apresentou na manhã desta quarta-feira, 27, em Maceió, o programa Brasil Mais Seguro, que tem como objetivo a prevenção e redução dos índices de homicídio no Estado, considerado o mais violento do País, segundo o Mapa da Violência elaborado pelo Ministério da Justiça com base no Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde.

Apresentado com ares de espetáculo, com direito ao ator Marcos Frota - anunciado pelo cerimonial como embaixador do circo no Brasil - como mestre de cerimônia, o Brasil Mais Seguro é mais uma tentativa do governador de Alagoas, Teotonio Vilela Filho (PSDB), estancar a onda de crimes que invadiu o Estado há alguns anos.

Para isso, o programa federal - que ganhou o slogan "Quem ama Alagoas, constrói a paz" - estabelece uma série de ações, como realização de concurso público para preenchimento de vagas nas polícias militar e civil, criação de um departamento de homicídios e a instalação de sistema de vídeo monitoramento da capital Maceió. No total, serão investidos R$ 65 milhões em recursos - R$ 25 milhões bancados pela União.

Mais conteúdo sobre:
violênciamapa da violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.