Ministro diz não entender críticas às indicações do PMDB

O ministro das Comunicações, Hélio Costa, disse nesta segunda-feira que não entendeu as críticas da oposição às indicações de técnicos ligados ao PMDB para ocuparem a presidência e três diretorias da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). "São todos funcionários públicos com mais de 15 anos de casa", afirmou o ministro, após participar da cerimônia de posse do novo presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), Plínio de Aguiar Júnior.Costa disse também que está sendo analisado o nome de um outro diretor para a Anatel, mas não adiantou o nome do indicado nem informou quando será feito o anúncio da escolha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.